Neon Genesis Evangelion – Rei Ayanami

Imagem Principal do Post - TS

Rei, a garota que até agora fora somente um elemento desconhecido na história, continuará um mistério, porém com a sua simpatia.

Rei Ayanami é uma incógnita até hoje para os fãs e teóricos de Evangelion. Sua primeira aparição na série foi unicamente para evidenciar ao Shinji que pessoas vão morrer se ele não pilotar o Eva, com a icônica cena dele com sangue nas mãos.  Além de protagonizar inúmeros foreshadowings sobre o futuro da série e o terceiro impacto.

prenuncio do terceiro impacto

O trabalho feito nesse arco (que compreende os episódios 5 e 6)  com a Rei, apresentando o personagem devidamente, é algo interessante. Usa tanto do “Show, don’t tell” que pode fazer o público não notar diversos detalhes que tornam o anime mais rico. Mas vamos por partes.

O episódio 5 começa com o flashback da ativação do Eva 00, o modelo designado à estrela desse arco, que perde o controle em sua ativação e parece atacar Gendo. Em um diálogo futuro, Ritsuko aponta que uma possível causa tenha sido a instabilidade mental de Rei. Logo após a neutralização da unidade 00, Gendo queima suas mãos em consequência de priorizar a vida de Rei acima de tudo, o que é bem estranho na primeira vez que assistimos pois ele sempre teve uma imponência digna de um deus que despreza os humanos.

Gendo, a partir desse ponto, ganha a simpatia de Rei. Esse é um laço tão forte para ela que nos poucos segundos da conversa entre ela e Gendo, em que apenas vemos pelos olhos do Shinji, ela não apenas sorri para ele, como também se movimenta de uma forma completamente diferente do que ela normalmente faria, parecendo até uma de suas colegas de classe em frente ao menino que gosta.

Nesse quinto episódio da série, Shinji começa a mudar um pouco da base estabelecida em seu arco: se impondo mais à Misato sobre coisas do dia a dia, se expressando um pouco mais com seu corpo e conversando como um igual com a Ritsuko, que até agora na série tinha sido apenas a voz de Gendo e da SEELE  para Shinji.

Após a parte slice of life desse episódio na casa da Misato, começa de fato a interação do Shinji com a menina de cabelos azuis. Rei, como personagem, é um caso singular. Ela é o 0, ela não tem base,  ela é algo que toma forma, ou tenta, somente com as influências exteriores. Um comportamento comum é a última coisa que vamos ver nela.

rei I

A partir do momento em que Shinji entra na casa de Rei, é onde que o “Show, don’t tell” começa a ficar mais presente e essa passividade dela aparece mais fortemente.

Toda a cena do quarto dela, inclusive, é bem construída. Primeiro temos o Shinji entrando e com a entrada sem calçado algum, contrariando a tradição japonesa. O quarto em si, sem nada além de uma cama e armário, e esses completamente desarrumados e, por fim, a cena dela tirando os antigos óculos de Gendo, que ela guarda com tanto carinho, do rosto do Shinji. Tudo isso pra reafirmar o quão desconexa ela é de tudo.

A cena seguinte inteira, no quartel general da NERV, é para evidenciar aquele único e estranho laço que ela tem com Gendo. Primeiro, dando um tapa no Shinji com uma expressão de raiva no rosto, possivelmente replicando ações de colegas de classe novamente, quando ele nega a eficiência do trabalho de seu pai. Segundo, ela sorrindo novamente lembrando do que Gendo fez por ela antes do teste de reativação e, finalmente, olhando para o antigo óculos quebrado de Gendo antes do teste de ativação chegar perto do limite onde ela havia falhado anteriormente,  até sentindo alívio quando o teste acaba bem sucedido.

rei I

Pena que essa grande sequência de cenas, expondo muito bem a personagem da Rei quase sem usar palavras, foi ofuscada pelo imediatismo que a chegada do quinto anjo proporcionou.

O episódio 6 foi basicamente só o plot de monstro da semana, provando que a Misato tem sim competência pro cargo de capitã e, por acaso, há a “resolução” da personagem da Rei no final.

Na segunda metade do sexto episódio temos Shinji, novamente abalado por quase morrer,  não querendo mais fazer aquilo. Mas pela reação da Rei a isso, não titubeando em tomar toda a responsabilidade para si e cumprir seu dever, faz Shinji meio que levantar a cabeça e voltar ao campo de batalha. E é nesse ponto que o personagem realmente começa a mudar, sem fazer todo o drama para entrar no robô e fazer o que deve fazer, como veremos no futuro da série.

Ikari-Shinji-shinji-ikari-23205664-600-450

Logo após mais um pouco de monstro da semana, há uma cena interessante que faz uma breve ligação com a cena do vestuário no episódio anterior: Shinji diz a Rei que eles podem realmente morrer nessa missão e ela afirma, com uma determinação  nunca vista antes na série, que não irá deixar ele morrer.

Aquele momento no vestuário, assim como anteriormente, era para reafirmar algo. Da primeira vez foi a relação de confiança que Rei tinha com Gendo,  depois, era a reafirmação de comprometimento que ela tinha com Gendo em cumprir seu papel. Oque, aos olhos do Shinji, acabou chegando como uma mensagem errada, fazendo ele acreditar que Rei se importava com ele em algum nível.

Logo após isso, tem a segunda cena mais icônica desse episódio: Shinji e Rei conversando nas plataformas de acesso aos Evas e com Tokyo-3 apagada logo abaixo deles. Bem icônica, mas não tão importante assim, a função dela é fixar a ideia errada que Shinji pegou do ultimo diálogo e ter esse shot legal.

shot legal

O quinto Anjo é destruído, e junto disso, Rei se transforma em alguém importante para Shinji. Após ela, de fato, arriscar sua vida para mantê-lo seguro, temos a cena replicada do inicio do episódio cinco.

Dá para sentir bem a angustia de Shinji ao fim do episódio. Alguém realmente se importava com ele, e não era a primeira pessoa, agora ele poderia se entregar mais inteiramente a esse grande processo de tentar mudar a si mesmo e ainda sem medo. Ele não chorou por si, ele chorou por alguém que ele mal conhecia, enfim as coisas começavam a valer a pena agora. E Rei, ao mesmo tempo em que isso acontecia, viu aquele garoto se importando com ela do mesmo jeito que Gendo um dia se importou. Shinji tinha Misato e Rei tinha Gendo, agora, eles tem um ao outro.  

rei sorriso

Anúncios

6 Respostas para “Neon Genesis Evangelion – Rei Ayanami

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s