Subete ga F ni Naru 10 – Afogando em pretensiosismo e se tornando nada

post-subete-ga-f-ni-naru 10

Finalmente chegamos as nossas tão aguardadas respostas sobre todo o mistério de Subete ga F ni Naru com o esperado embate entre protagonistas e a doutora Magata. Em uma entrevista em sua câmara de sonhos, tivemos a comprovações de hipóteses e tudo foi esclarecido, mas apesar da bela metáfora visual, tudo não passou de uma solução ridícula, fazendo com que a série se tornasse absurdamente nada.

Começando com a unica parte positiva deste episódio, tivemos uma linda metáfora visual enquanto os personagens conversavam com a Magata. Todo o ideal de liberdade e percepção de mundo do Saikawa foi refletido no ambiente virtual em uma praia com um vasto mar que exalava tranquilidade. A idealização de um mundo o qual para Saikawa era a perfeita representação da liberdade que ele sempre almejou. Em paralelo, no ambiente visual da Moe, temos uma cela fechada e escura que vai contra a ideia solipsista de Saikawa acerca “liberdade”, e traça um paralelo sobre a visão oposta dos personagens a respeito de alguns aspectos da vida,  tanto que este contraste entre os dois também fica evidenciado na maneira a qual eles tratam a Magata, onde Saikawa é mais calmo e a Moe é bem mais agressiva. Essa diferença entre os personagens era um fator que sempre foi trabalhado na série e aqui tivemos a representação máxima em uma cena muito bem animada e bonita no aspecto visual, mas uma cena que, se colocada em uma balança com todo o episódio, não passa de uma simples gota de qualidade num deserto falhas.

Subete ga F ni Naru - 10 - Large 19 Subete ga F ni Naru - 10 - Large 16

Tirando este resquício de qualidade, o resto podemos jogar no lixo. Eu gostava bastante de Subete ga F ni Naru e sempre tive uma visão mais otimista sobre tudo o que a série estava trabalhando a qual eu procurava enxergar os pontos positivos que ela desenvolvia enquanto ficava cada vez mais curioso sobre o mistério e principalmente sobre a Magata. O nono episódio havia me deixado em estado de alerta pois, quando me dei conta, toda a construção que eu gostava de acompanhar nos personagens, começou a ruir e se mostrar algo raso, me fazendo ficar com receio do que viria a seguir. Teimoso, eu mantive pequenas esperanças acerca do décimo episódio, torcendo para que o escorregão do nono tinha sido superado e que a série se manteria de pé, mas, o que tivemos neste episódio foi justamente um mar de nada que fez com que a série se afogasse em todo pretensiosismo que construiu, jogando tudo de positivo que tinha e que poderia vir a ter, no lixo.

Subete ga F ni Naru - 10 - Large 25

Subete ga F ni Naru tinha uma certa solidez naquilo que propunha. Você pode questionar que o mistério se moldava com base num sci-fi bobo e clichê, mas todos os detalhes sobre o mesmo eram sólidos e convincentes, e nos fazia ter curiosidade sobre tudo que tinha acontecido naquele laboratório. Alimentando toda a construção deste mistério, tivemos a série sempre focando em contrastar os personagens a medida que deixava seus relacionamentos mais fortes e interessantes. Essa sempre foi a força de Subete ga F ni Naru, essa força sempre permaneceu consistente até aqui. A partir do momento que a série começou a “responder ao mistério”, fomos afundando em resoluções e conclusões rasas que nos forçavam a engolir tudo aquilo como uma verdade absoluta, e que de apoiavam na genialidade dos personagens para tentar justificar tudo.

O momento tão aguardado, o clímax da série, o encontro com a fantástica doutora Shiki Magata, o qual finalmente descobriríamos sobre como tudo aconteceu e saberíamos um pouco acerca de sua misteriosa pessoa, não passou de um dos monólogos mais rasos e bobos que eu já vi. Todas as explicações eram absurdamente ridículas, que se apoiavam em motivos sem peso algum, chegando a utilizar raciocínios sem sentido e tentando forçar um drama para que aceitássemos tudo aquilo como algo genial, mas que na realidade não passou de uma covardia com que estava a dez semanas acompanhando a série.

Subete ga F ni Naru - 10 - Large 21 Subete ga F ni Naru - 10 - Large 17

“Os seres humanos tem o direito de matar uns aos outros”.”As pessoas vivem até os quinze anos, altura em que eles matam os pais”. Um simples “Quem é você” da Moe para a filha da Magata jogou fora quinze anos de condicionamento e a levou a querer se matar. O significado de “tudo se torna F” estar relacionado com com o sistema de armazenamento de dados hexadecimais de Red Magic e como ele foi usado como um cronômetro de contagem regressiva. Foi tudo um disparate total. O mistério da série sempre foi um disparate que era feito de maneira pontual e coesa, não causando nenhum problema e sendo aceitável, mas neste episódio chegou ao absurdo, parecendo que eles estavam esperando justamente o fim da história para se sustentar em um peso dramático inexistente a forçação de que tudo é genial e filosófico, quando na realidade é bobo e digno de boas risadas.

Subete ga F ni Naru - 10 - Large 13 Subete ga F ni Naru - 10 - Large 11

A figura da Magata cheia de mistério, múltiplas personalidades, seus anseios, o contraste com a Moe, tudo não passou de nada e foi esquecido, mas isso não importa, afinal, ela é um gênio. Assim como o Saikawa, que conseguiu chegar a conclusões como a de quem era o pai da filha da Magata, sem tem prova alguma para se sustentar, mas isso não importa, afinal, ele era um gênio. Sem falar em seu grande e esperado encontro com sua figura de admiração, fazendo com que ele não se importasse de voltar pra realidade, chegando ao ponto de esquecer da Moe e aceitar as explicações da Magata como algo totalmente natural, mas que faz sentido, pois ambos são gênios, e gênios se entendem.

Subete ga F ni Naru - 10 - Large 18 Subete ga F ni Naru - 10 - Large 24

Subete ga F ni Naru tentou vender a genialidade dos personagens e as filosofias dos mesmos sempre mantendo um ar de pretensiosidade, nos forçando para aceitar tudo aquilo como algo inteligente e complexo, quando na realidade não é, e tudo não passa de uma tentativa não funcional de nos fazer engolir uma bobeira sem tamanho, diria que até subestimando os espectadores.
Genialidade, filosofia, complexidade, mistério, tudo não passou de lixo, um verdadeiro absurdo vazio digno de um “selo Tite Kubo de qualidade”. Uma sequencia encadeada de palavras para tentar assemelhar um esboço de significado, quando na realidade toda a profundidade da série, e principalmente da Magata, não passaram de uma ilusão.

Subete ga F ni Naru - 10 - Large 27 Subete ga F ni Naru - 10 - Large 28

Subete ga F ni Naru - 10 - Large 33

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s